Regimes capitalização

Ensaios

Regime de capitalização é a forma em que se verifica o crescimento do capital, este pode ser pelo regime de capitalização simples ou composta. Regime de captalização simples: No regme de capitalização simples os juros são calculados utilizando como base o capital inicial (VP). Esse regime de capitalização (simples) mostra que o capital aumenta de forma linear. No Brasil, este regime de capitalização não é muito utilizado por instituições financeiras, pois com o regime de capitalização composta se obtém lucros maiores em empréstimos. • Capitalização simpl juro simples, os juros Portanto, não são ca

O capital a cada mo PACE 1 ora to view nen ização simples, ou • idos no empréstimo. o capital inicial Regime de capitalização composta: No caso da capitalização composta, o cálculo é efetuado através do método exponencial, ou seja, juros são computados sobre os juros anteriormente cal Swipe to view next page calculados. já no regime de capitalização composta as taxas de juros são aplicadas sobre o capta’ acumulado dos juros. • Capitalização composta – No regime de capitalização composta, ou juro composto, adiciona-se os juros pagos ao capital do empréstimo e volta-se a emprestar. Portanto, os juros são apitalizados.

O capital no momento , a partir do momento anterior, será: onde é o capital aplicado no momento , e representa o juro do período de capitalização , ou pode ser calculado a partir de usando a fórmula de cálculo do juro composto. Todos sabemos que, em razão de sua característica principal (juros sobre juros — anatocismo), o regime de captalização composta rende juros maiores, principalmente em prazos mais elásticos. Logo, seria interessante para a empresa captar a juros simples e aplicar a juros compostos. Ocorre que, via de regra, as instituições financeiras operam somente no regime de captalização composta.

Post a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*