Resenha: filme george dandin

Ensaios

RESENHA: FILME GEORGE DANDIN George Dandin, um pobre camponês, queria casar-se, e seus amigos diziam para ele não se casar, pois, a escolhida era rica e ele não conseguiria atender a todos os seus caprichos. Mesmo assim George Dandin seguiu em frente, não escutou seus amigos, e se casou com ela. Sua vida se tornou um Inferno, e cada vez que ele passava por uma situação na qual, ele se lembrava dos conselhos de seus amigos, ele dizia para si mesmo, “tu l’as voulu George Dandin”, afirmando que ele era o culpado por estar vivendo dessa forma, que a escolha foi sua, assumindo o erro por ão ter escutado seu amigos.

Temos uma inclinação natural para culparmos o outro ou o mundo, por aquilo que não da certo em nossas vidas, por agindo pela emoção cre ar 2 muitas vezes, como deixamos de fazer, hor para nós. E mos os mais mais experientes, não examinamos as situações e deixamos de agir com a inteligência, com a razão, para agirmos com a emoção e assim fazendo nossas vontades, atendendo nossos desejos, erramos em nossas escolhas. É necessário mudarmos nossa postura, nossa atitude perante às situações e decisões, fazermos gual a George Dandin assumirmos nossas culpas por nossos erros.

Ninguém é culpado por aquilo que nao fazemos, ninguém é culpado por nossas falhas, por nossos erros. Devemos nos dedicarmos e empenharmo-nos mais em fazer o melhor para nós mesmos, investindo, tempo, dinheiro e outros recursos que forem necessários para sermos melhores, e nos tornarmos homes e mulheres melhores, bons profissionais. É necessário pensarmos e compreendermos que, muitas vezes para conquistarmos aquilo que sonhamos ou queremos, teremos que abrir mão, daquilo que gostamos e que nos é prazeroso e cômodo.

Post a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*